Seja um Parceiro

O incentivo à geração de renda e às atividades sustentáveis ao longo da trilha é o principal objetivo do Componente Cadeia Produtiva do Caminho da Mata Atlântica.

Percorrer mais de 4 mil km de trilhas, ou mesmo fazer uma travessia em um final de semana, exige um bom planejamento logístico. A proposta é facilitar a vida dos caminhantes oferecendo informações sobre os serviços de apoio disponíveis em cada trecho do Caminho e ao mesmo tempo incentivar as atividades desenvolvidas nas comunidades e áreas protegidas ao longo do trajeto.

Todos que oferecem serviços como hospedagem (pousadas, albergues ou campings), alimentação (restaurantes, mercadinhos e produtos locais), guiagem ou condução de visitantes, transporte, aluguel de bicicletas, barcos ou outros equipamentos e qualquer tipo de apoio logístico podem se tornar parceiros do projeto. Iniciativas locais de produção orgânica, artesanal, sistemas agroflorestais e outras atividades sustentáveis também podem se tornar parceiras e divulgar suas ações.

Os parceiros terão divulgação no mapa interativo do site, em folheteria, redes sociais e eventos, além de preferência em ações de capacitação e fortalecimento com parceiros do projeto em cada local, incluindo prefeituras, SEBRAE e órgãos de extensão rural.

Para se tornar um parceiro siga os seguintes passos:

Proponha uma contrapartida para o projeto de acordo com sua capacidade (desconto para os caminhantes, apoio às ações voluntárias, doação de materiais ou recursos)

Depoimentos

  • “Minha expedição com a trilha dos sete degraus foi simplesmente maravilhosa, estávamos em um grupo com muita satisfação pelo que estávamos fazendo. Um mutirão para marcação da grande trilha da mata atlântica e bora andar... Com atenção a tudo que encontrávamos, desde lindas rochas, plantas, pequenas frutinhas comestíveis, insetos, cogumelos, flores, pássaros e musgos. Pois acredito que tudo isto e preciso fazer parte desta experiência para os visitantes. Sou Jorge Ferreira morador de Paraty, sou botânico naturalista, fotógrafo estudante eterno da biodiversidade da mata atlântica Para fins da sustentabilidade e conservação.”
    Jorge Ferreira
  • Esse é um projeto espetacular, que vai nos conectar ainda mais à Mata Atlântica por meio de um turismo sustentável.
    Nícolas Renó
  • Caminhar por algumas das mais lindas paisagens do Brasil conectando parques, florestas e pessoas é um sonho que precisa de muitas pessoas para virar realidade.
    Ernesto Viveiros de Castro
  • Um belíssimo processo de mobilização socioambiental, que fortalece a integração da floresta, das águas, praias e gentes da Mata Atlântica. Vida longa ao Caminho e aos caminhantes...
    Bruno dos Reis Fonseca
  • Foi incrível! Mesmo com chuva passamos por paisagens maravilhosas, foi uma verdadeira imersão na floresta!
    Janaína Martins
  • A trilha passa por cenários espetaculares. Você pode andar o dia todo pela floresta.
    Irina Letyagina
  • Importantíssimo projeto para a conservação de nossas florestas. O contato direto com a natureza é essencial para se compreender sua importância, sobre a importância de se manter áreas intocadas, onde apenas se contempla e nada se extrai. Uma rede de trilhas como essa vão fazer aflorar ainda mais a paixão pelas áreas naturais, vão fazer crescer em nossa sociedade a percepção do quanto os Parques e Reservas são fundamentais!
    Paulo Chaves
  • Nossa ideia é trazer o bioma para a vida das pessoas e as pessoas para o coração da Mata.
    Anna Carolina Lobo