Governança

Em julho de 2017 foi formada a governança provisória com representantes dos cinco estados, incluindo governo e sociedade civil e iniciada a articulação dos núcleos para gestão e articulação em nível local. A comissão está organizada em uma comissão geral, onde Comissão Executiva Provisória atua, e instâncias regionais (por estado) e locais (por núcleos de trabalho).

Cada núcleo local é responsável por mobilizar outros parceiros e articular a implantação da trilha no terreno. Toda a estrutura de governança considera as seguintes premissas:

  • Dar uma identidade para o CMA como uma trilha de longo percurso, criando uma unidade na comunicação ao longo dos seus 3.000 km
  • Considerar e manter o máximo possível a identidade, cultura e tradições de cada local, trecho e grupo
  • Trabalhar de forma sinérgica de forma que os grupos locais tenham orgulho, vontade e se beneficiem de serem parte do CMA
  • Fortalecer os relacionamentos entre toda a cadeia e atores envolvidos e também entre setores público e privado
  • Empoderar a sociedade civil no processo decisório, promovendo maior engajamento com o CMA

Organização da Governança do CMA

Coordenação geral

ICMbio
CBME
Abeta
WWF
Representantes de cada foco regional

Comitês Regionais

Federações de Montanhistas Regionais
Órgãos estaduais
Mosaicos de UC
Coordenadores Regionais (CRs) – ICMBio

Grupos Locais

Grupos Locais
Populações Tradicionais
UC

Comissão Executiva Provisória da coordenação geral do CMA

Coordenação geral

Felipe Feliciani (WWF-Brasil)

Coordenação de manejo e sinalização

Ernesto Viveiros de Castro (ICMBio), Marcos Loureiro (SEA-RJ), Betina Carminatti (FGM), e Marcio Beranger (INEA)

Traçado e mapeamento

Ernesto Viveiros de Castro (ICMBio), Marcos Loureiro (SEA-RJ)

Acesso

Delson de Queiroz (CBME, FEMERJ, MTT)

Relações institucionais e captação

Rosimar Neves (CEB), Carol Lobo (WWF), Kika Bradford (CBME), Ernesto Viveiros de Castro (ICMBio), Marcio Beranger (INEA) e Guilherme Vasconcelos (IAP)

Comunicação

Ivo Leonardo Schmitz (Assepavi)

Empreendedorismo (cadeia produtiva)

Daniela Faria (FEPAM) e Thiago Mourão (ABETA)